O amor é sempre inocente – 4ª edição

18.00 

O amor é sempre inocente” é uma homenagem a Judith Teixeira ( 1880 – 1959 ). Em forma de verso, a autora tece a biografia daquela que é hoje considerada uma das mais importantes poetisas do Modernismo Português. Voz silenciada e ultrajada por razão das suas opções de vida, numa época em que o preconceito fazia lei.

Em stock

Lançamento Jan / 2017
Páginas 150
ISBN 978-989-8801-58-6 Categoria Coleções ,

“O amor é sempre inocente” é uma homenagem a Judith Teixeira ( 1880 – 1959 ).

Em forma de verso, a autora tece a biografia daquela que é hoje considerada uma das mais importantes poetisas do Modernismo Português. Voz silenciada e ultrajada por razão das suas opções de vida, numa época em que o preconceito fazia lei.

Nesta obra, tendo como suporte as personalidades de Simone de Beauvoir, Frida Kahlo, Virgínia Woolf, Isadora Duncan, Anais Nin, Valentine de Saint-Point, Edite Piaf, Marilyn Monroe e Safo de Lesbos, nove Mulheres com nome consolidado na História de um passado mais ou menos próximo, mais ou menos distante, a condição feminina tenta impor-se, numa luta sempre desigual. Este tema-denúncia é recorrente na escrita de Aurora Simões de Matos, que pela primeira vez ultrapassa a ruralidade serrana do Montemuro, para se deter na urbanidade não menos penosa de uma Lisboa confusa, nos princípios do século XX.

Peso 564 g
Dimensões (C x L x A) 20 × 1 × 26 cm
Editora

Edições Esgotadas

Ainda não temos opiniões acerca deste produto.

Apenas clientes autenticados e que tenham comprado este produto podem deixar uma avaliação ao produto.