Literatura & Sociedade na pluralidade lusófona

17.50 

Nos últimos 40 anos, o contexto pós-colonial vem permitindo aos críticos um olhar mais amplo em relação à grande narrativa lusófona que dá corpo a uma poética que é nossa e que também é da pluralidade. É como se existisse entre nós e os outros usuários da Língua Portuguesa esse sentimento de “pertença” aos textos, sejam eles da nossa própria nação ou não; trata-se de um espelhamento que (des)vela as nossas raízes linguísticas, dilemas político-socioeconómicos, projetos de futuro.

Em stock

Nos últimos 40 anos, o contexto pós-colonial vem permitindo aos críticos um olhar mais amplo em relação à grande narrativa lusófona que dá corpo a uma poética que é nossa e que também é da pluralidade. É como se existisse entre nós e os outros usuários da Língua Portuguesa esse sentimento de “pertença” aos textos, sejam eles da nossa própria nação ou não; trata-se de um espelhamento que (des)vela as nossas raízes linguísticas, dilemas político-socioeconómicos, projetos de futuro.
O escritor José Saramago afirmou, certa vez, que quase lhe apetecia dizer que não há uma Língua Portuguesa, mas, sim, línguas em Português. Refletindo sobre essa afirmação de Saramago e também acerca dos elos que (des)atam as várias faces da lusofonia, os Organizadores deste volume partiram do pressuposto de que a Língua Portuguesa corresponde, de facto, a um modo de pensar e de olhar para o mundo. Único. Plural.

Peso 500 g
Dimensões (C x L x A) 15 × 1.5 × 23 cm
Editora

Edições Esgotadas

Ainda não temos opiniões acerca deste produto.

Apenas clientes autenticados e que tenham comprado este produto podem deixar uma avaliação ao produto.